Muito citada diariamente, mas afinal, o que é a gratidão?E porque está sendo tão comentada?

A maioria de nós associa a gratidão a dizer “obrigado” a alguém que nos ajudou ou nos deu um presente. No entanto gratidão é muito mais que isso!

No dicionário, Michaelis.online, gratidão é “1. Qualidade de quem é grato. 
2. Sentimento experimentado por uma pessoa em relação a alguém que lhe concedeu algum favor, um auxílio ou benefício qualquer; agradecimento, reconhecimento”.

Do ponto de vista científico, gratidão é também uma emoção positiva, que é muito importante porque nos transforma, transformando nossa vida, nosso bem-estar e felicidade.

A gratidão cura, energiza e transforma vidas!



De modo geral, as pesquisas indicam que  pessoas gratas apresentam níveis mais altos de emoções positivas, satisfação com a vida, vitalidade, otimismo e níveis mais baixos de depressão e estresse.

Pessoas gratas não negam ou ignoram os aspectos negativos/desagradáveis da vida, elas sentem emoções desagradáveis também, –  isso é ser humano, sentir tudo-  mas a gratidão faz aumentar os sentimentos agradáveis!

Além disso, pessoas com forte disposição para a gratidão têm a capacidade de serem mais empáticas e de entender a perspectiva dos outros.  Eles são classificados como mais generosos e mais úteis por pessoas em suas redes sociais (McCullough, Emmons, & Tsang, 2002).

Abaixo, cito um resumo, traduzido livremente,  de resultados das pesquisas do Robert Emmons, sobre gratidão e bem-estar.  Disponíveis  originalmente no site  https://emmons.faculty.ucdavis.edu/gratitude-and-well-being/

Resumo das conclusões de suas pesquisas:

  • Em uma comparação experimental, aqueles que mantiveram diários de gratidão se exercitaram mais regularmente, relataram menos sintomas físicos, se sentiram melhor sobre suas vidas como um todo e estavam mais otimistas sobre a próxima semana em comparação com aqueles que registraram dificuldades ou eventos de vida neutros. (Emmons e McCullough, 2003).
  • Foi também  observado benefício na realização de objetivos pessoais: os participantes que mantiveram listas de gratidão, em um período de dois meses,  tiveram maior progresso em direção a seus  objetivos pessoais importantes (acadêmicos, interpessoais e de saúde), comparados aos indivíduos do outro grupo que não praticou as listas.
gratidão é imã de milagre
  • Uma intervenção de gratidão diária (exercícios auto-orientados) com adultos jovens resultou em níveis mais elevados de estados positivos, entusiasmo, determinação, atenção e energia, em comparação com outro grupo de controle, onde o foco estava no  aborrecimentos ou na comparação social […].
  • Participantes praticando a  gratidão diária eram mais propensos a relatar ter ajudado alguém com um problema pessoal ou ter oferecido apoio emocional a outro.
  • Em uma amostra de adultos com doença neuromuscular, uma intervenção de gratidão de 21 dias resultou em maiores quantidades de humor positivo de alta energia, maior sensação de estar conectado aos outros, avaliações mais otimistas da vida e melhor duração do sono e qualidade do sono, para um grupo de controle.
  • As crianças que praticam o pensamento grato têm atitudes mais positivas em relação à escola e às suas famílias (Froh, Sefick, & Emmons, 2008).




Ainda tem dúvidas do poder transformador da gratidão?

Vem comigo fazer o desafio de 21 dias da gratidão. Vai ser um prazer te acompanhar nessa jornada de transformação! Mais informações, por e-mail, telefone, ou no meu instagram @nildamartins